Dicas para criar uma loja virtual de auto-peças de sucesso

atualizado em

loja virtual de auto-peças

O e-commerce passou por um grande processo de consolidação nos últimos anos no Brasil. Diversos segmentos que predominavam no mercado físico migraram para a internet, passando a faturar mais. Abrir uma loja virtual de auto-peças, por exemplo, pode ser um ótimo negócio. Ainda mais em um país com tantos apaixonados por carro e moto como o Brasil.

Aqui, mesmo quando a venda de veículos cai, o setor se mantém, pois o consumidor procura por peças para reposição. Nesse contexto, ano após ano, o segmento apresenta saldo positivo e crescimento no país e no mundo.

Olhando apenas para os números no Brasil, no primeiro semestre de 2017, as lojas virtuais de auto-peças movimentaram cerca de R$ 483 milhões. De acordo com o EBit|Nielsen, a categoria ficou com a 10ª colocação no e-commerce nacional.

Em 2018, na 39ª edição do Webshoppers do Ebit|Nielsen, este mercado representava 2,5% do faturamento do e-commerce no Brasil. Em 2019, as lojas virtuais de auto-peças ficaram com a 5ª colocação em aumento no número de pedidos, considerando o primeiro semestre. 

O crescimento foi de 44% em comparação ao primeiro semestre de 2018, como se pode ver no 40º Webshoppers. O relatório também mostrou crescimento no ticket-médio do segmento, que chegou aos R$ 536.

Todos esses números mostram um setor em franca ascensão e que pode trazer muito lucro, se gerenciado da forma correta. Quer criar uma loja virtual de auto-peças e obter sucesso? Maravilha! Siga a leitura e descubra algumas dicas para saber como chegar lá!

 

Dicas para criar uma loja virtual de auto-peças

Entrar em um setor que só cresce pode parecer sucesso garantido. E é mesmo! No entanto, você tem que adotar as boas práticas de gerenciamento e considerar que está em uma vitrine diferente: a internet. Para facilitar a empreitada, veja as dicas a seguir! 

 

Conheça o seu público

A internet é acessada por milhões de pessoas, com diferentes rendas, idades e interesses. Nem todos querem comprar peças para veículos ou motos, mas você precisa conhecer muito bem aqueles que buscam seus serviços.

Essa aproximação com os visitantes online é que pode levá-los a primeira compra e, mais tarde, transformá-los em clientes fiéis. É um caminho a ser percorrido e que pode ser encurtado por ofertas e abordagens certeiras

Como isso é feito? Conhecendo o público. Sabendo exatamente o que ele quer e como quer. Identificando suas dificuldades e ajudando a tirar suas dúvidas.

 

Estude a concorrência

Quando abrir uma loja virtual de auto-peças, você também vai precisar estudar seus concorrentes. Como vimos anteriormente, o setor está em crescimento, ou seja, a concorrência está presente.

Sua missão é encontrar a forma de se diferenciar, por isso, saber o que as empresas concorrentes fazem é primordial. Você tem que olhar os acertos e também os erros. Como é o atendimento deles? Em quais redes sociais costumam fazer suas campanhas? 

Aproveite essa fase para identificar eventuais gargalos e atuar. A grande razão de estudar a concorrência é essa: descobrir como sua empresa pode atrair clientes, fazendo o que as demais empresas não querem ou não podem.

 

Analise o mercado

O mercado de auto-peças exige bastante conhecimento técnico para evitar erros. É preciso atenção para formular o conteúdo das páginas da loja virtual, trazendo descrições sempre bem completas.

O mais indicado é que os textos sejam direcionados ao público leigo. Mesmo que a loja venda para mecânicos e profissionais do segmento, quanto mais esclarecimentos, melhor.

Além disso, é importante que você estude alguns pontos importantes, por exemplo, quanto o mercado cresce todo ano, quais os principais custos, a margem de lucro e os itens que mais giram. Todos esses aspectos  são fundamentais na criação do plano de negócios da sua loja virtual de auto-peças.

 

Escolha uma plataforma e-commerce de qualidade

Outro cuidado indispensável para o sucesso do e-commerce de auto-peças é a plataforma. É nessa base que você vai cadastrar e gerenciar os produtos oferecidos ao público 

Você deve encontrar uma opção que permita uma boa personalização da loja, além do cadastro de variados produtos e categorias. Uma plataforma com múltiplas formas de pagamento para o cliente também ajuda.

Abrir mão de qualidade é um erro nessa escolha. Lembre-se: uma plataforma gratuita não é capaz de acompanhar o crescimento das vendas, o que tende a estagnar os resultados do seu negócio.

 

Analise o operacional

Além da estrutura online, você terá que organizar a estrutura física. A principal questão, nesse caso, é o armazenamento e a entrega dos produtos. Dependendo do tipo de peças, a loja pode precisar de um espaço um pouco mais generoso para o estoque. Se a loja se limitar a venda de acessórios menores, o espaço não precisa ser tão grande.

As embalagens também requerem atenção. Produtos de alto valor agregado ou muito frágeis necessitam de pacotes diferentes. Em alguns casos, é preciso recorrer, por exemplo, ao famoso plástico bolha para aumentar a proteção das peças.

No caso da entrega, se a sua loja virtual de auto-peças vai comercializar produtos maiores, é importante fazer parceria com uma transportadora. Lembre-se de escolher a melhor parceria, dentro dos limites, para equilibrar os valores e prazos. Com isso organizado, você pode se concentrar nos demais aspectos, como a qualidade do atendimento.

 

Selecione fornecedores

A seleção de fornecedores também é determinante. Eles definem a qualidade dos produtos que serão comercializados na sua loja virtual de auto-peças.

Mais uma vez, é preciso encontrar equilíbrio entre preço e qualidade. Quanto mais parceiros tiver e quanto melhores as condições de negociação, mais fácil será a gestão do seu negócio.

A escolha dos fornecedores também pode impactar nos prazos. Por isso, tenha critérios para esse tipo de parceria e contrate fornecedores responsáveis, de renome, que não falham com você e, por consequência, com os clientes.

 

Monte um e-commerce diferenciado

Depois de todo o trabalho de base, chega a hora de montar sua loja virtual de auto-peças. Mais uma etapa crucial para o sucesso nas vendas. Nesse momento, você tem que se lembrar da importância de abrir uma loja diferenciada, com características que ninguém na concorrência consegue reunir. 

No meio online, as pessoas podem acessar inúmeras lojas, então, pense o que pode atrair a atenção delas. Depois de estudar o mercado, a concorrência e o público, definir a plataforma, estruturar estoque e entrega, comece a sua loja virtual de auto-peças

 

Chegou a sua hora de faturar em um dos mercados mais consolidados no Brasil. E, como conhecimento nunca é demais, neste artigo, você pode ler mais sobre a abertura de uma loja virtual.

Você também pode se interessar