Como escolher a melhor plataforma para minha loja virtual?

atualizado em

Plataforma de e-commerce

Escolher a plataforma certa é fundamental para o sucesso do seu e-commerce. Antes de fazer sua escolha, é preciso levar em consideração critérios como valor do investimento, possibilidade de expansão, usabilidade, navegação e flexibilidade. Veja algumas dicas para acertar na hora de escolher onde seu e-commerce será desenvolvido:

1. Possibilidade de customização

Flexibilidade para customizar sua loja virtual de acordo com as necessidades da sua empresa é fundamental. Ao escolher sua plataforma, analise se você poderá fazer alterações nas configurações, mudar o tema, acrescentar mais produtos e categorias, adicionar novas funcionalidades, etc. É importante que a plataforma consiga atender todas as peculiaridades do seu negócio evitando assim, a necessidade de troca com o passar do tempo.

Plataformas open source, como a Magento, destacam-se pela flexibilidade. Ou seja, você terá total controle do seu e-commerce, sem necessidade de contratar terceiros em tarefas simples, como inserir novas categorias e alterar ou substituir produtos. Com isso, você pode fazer as alterações que quiser, sem aumentar os custos. Este item é importante, principalmente para quem deseja ter liberdade  para alterar sua loja sempre que necessário, adequando à identidade e à estratégia no mercado

2. Extensões disponíveis

Em um mercado cada vez mais competitivo, oferecer mais facilidade para o cliente é imprescindível. Por isso, antes de escolher sua plataforma, confira quais são as funcionalidades que ela disponibiliza para sua loja virtual. As plataformas mais customizáveis saem na frente neste quesito, por oferecer uma série de recursos e extensões que podem ser integrados ao seu e-commerce, sem necessidade de começar do zero.

3. Aceitação no mercado

Um ponto importante a ser conferido é se a plataforma escolhida para desenvolvimento do seu e-commerce é bem aceita – e avaliada – no mercado. Verifique quantas empresas a utilizam ao redor do mundo e o tamanho da comunidade de desenvolvedores que a plataforma possui. Quanto mais adeptos, melhor, pois isso é sinal que você está lidando com uma plataforma confiável, além de segurança de muitos profissionais capacitados.

4. Experiência de compra

Em uma loja virtual, onde as pessoas não podem ver e nem tocar os produtos, oferecer uma experiência de compra fantástica é um diferencial. Na hora de escolher sua plataforma, confira se ela lhe concederá uma estrutura de e-commerce para navegação fácil e intuitiva, sem complicações. Verifique filtros avançados, como é feita a exposição dos produtos, se contempla ferramentas de otimização, integração com sistemas para completar sua operação, etc. Analise se a estrutura é confiável e robusta o bastante para seu serviço ser prestado com qualidade, e para que a experiência do consumidor em sua loja virtual seja satisfatória.

5. Recursos avançados de SEO

É importante que a plataforma escolhida tenha recursos avançados de Search Engine Optimization – otimização para sites de busca. Desta forma, sua loja virtual poderá esperar melhores resultados vindos de tráfego orgânico, desde que as demais táticas requeridas para o sucesso do posicionamento de seu site nos buscadores sejam desenvolvidas em conjunto.

Tenha em mente que o trabalho com SEO deve ser constante e os primeiros resultados levam certo tempo. Contudo, quando começam a funcionar, é fundamental para diminuir os custos com outros investimentos em marketing digital, como em links patrocinados, por exemplo.

6. Priorize a segurança

Na hora de escolher, é fundamental ter atenção também ao quesito segurança. Para manter as informações da sua loja seguras, opte por uma plataforma que te ofereça liberdade de armazenar as informações de sua empresa em um servidor a sua escolha. Assim, todo o seu banco de dados, com cadastro de produtos, clientes, transações e pedidos serão privados, sem acesso de terceiros, o que acontece em algumas plataformas.

Liste o que você considera importante para seu e-commerce e, tendo isto em mãos, compare as opções disponíveis no mercado. A escolha de sua plataforma de e-commerce deverá ser guiada pelas necessidades de seu negócio.

Quer saber mais sobre a Plataforma JN2? Clique aqui e conheça os planos e preços.

Você também pode se interessar