Ferramentas para melhorar a performance do seu e-commerce

atualizado em

melhorar a performance no e-commerce

Com a transformação digital, possibilidades de sucesso em um e-commerce são muitas, mas há uma série de fatores para se chegar lá. Dentre os principais, salientamos o auxílio de ferramentas capazes de melhorar a performance no e-commerce e aumentar as vendas nesse mercado. Por isso, neste post, vamos apresentar soluções que facilitam em comparativos e na definição correta de preços, para citar apenas dois benefícios.

Um estudo recente do Euromonitor e PayPal revela que, em 2020, o e-commerce deve crescer 43,5% no Brasil. Para entrar nesse índice, você precisa conhecer e usar as ferramentas para melhorar a performance da sua loja virtual. Confira as nossas dicas.

 

Ferramentas para melhorar a performance no e-commerce 

Precifica

A definição de preço é muito importante no varejo e também nos e-commerces, certo? Usando o Precifica, é possível monitorar, fazer comparativos e analisar o trabalho da concorrência. 

O serviço permite que você compare o preço das suas mercadorias em relação aos concorrentes. Faz análises atualizadas todos os dias, entregando ao empreendedor números que impactam seu sistema de vendas e ajudam sua empresa a se manter competitiva.

Para melhorar a performance no e-commerce, o Precifica também possibilita a criação automática de um mecanismo que reajusta os preços. Para tanto, quem controla a ferramenta precisa estabelecer algumas regras, considerando as informações que coleta no monitoramento, como mudanças de preço, disponibilidade da mercadoria e o custo de compra delas.

SimilarWeb

O SimilarWeb é outra ferramenta que ajuda a monitorar a concorrência. Nesse caso, os dados são relativos ao número de acessos no site deles. Você gostaria de saber quantas visitas mensais seus concorrentes recebem? É isso que o SimilarWeb faz!

A ferramenta é muito útil para melhorar a performance no e-commerce, pois auxilia os empreendedores nos comparativos com as demais empresas do segmento.

Aproveitar os benefícios dessa ferramenta é bastante simples! Tudo que você precisa fazer é entrar no site do SimilarWeb e colocar o endereço digital da empresa que gostaria de analisar. Com isso, você pode ver:

  • número de acessos;
  • origem do tráfego;
  • influência nas redes sociais;
  • posição no ranking nacional e mundial.

Google PageSpeed

O senhor Google também ajuda empreendedores a melhorar a performance no e-commerce. Um dos aspectos que os buscadores consideram importante, ao rankear os sites nas buscas orgânicas, é a velocidade para carregar as páginas Quanto mais demorado o carregamento, pior será a posição na página de buscas.

Usando o Google PageSpeed, você descobre o tempo de carregamento no site. A ferramenta mostra o desempenho das páginas e avalia cada uma com notas de 0 a 100. Com isso, é possível realizar ações que otimizam a performance do seu ambiente virtual para atrair e reter mais visitantes.

Vale ressaltar que não é somente o buscador que pune páginas lentas. O próprio usuário desiste de navegar em sites com carregamento ruim.

Hotjar

A quarta ferramenta da nossa lista para melhorar a performance do seu e-commerce é o Hotjar, usado para coletar informações comportamentais dos visitantes nas páginas do site. 

O Hotjar segue o caminho feito com o mouse pelo consumidor e desenvolve um mapa de calor, identificando os aspectos mais importantes e observados pelo público.

A ferramenta pode ser útil por diversas razões. Se ela mostrar, por exemplo, que os usuários não estão visualizando as áreas inferiores no site, é bom deixar o que é relevante no topo.

Outra medida a ser adotada, nesse caso, é usar elementos para evidenciar que há mais informações disponíveis nas partes inferiores do site.

Signal

Fechando a lista de dicas, temos o Signal, um plugin de notificações, que ajuda a fidelizar os clientes. As lojas virtuais com essa ferramentas têm uma programação que pergunta ao consumidor se ele quer assinar o serviço.

Sempre que o consumidor confirma a assinatura, passa a receber mensagens quando há atualização no site ou blog do seu e-commerce. Usando o sistema, você consegue ter uma base de assinantes e disparar mensagens por gênero, ou localidade por exemplo. 

Você também vai poder enviar mensagens para os leads que não visitam sua loja virtual há muito tempo e desenvolver ações para os clientes retornarem ao carrinho de compras. 

As lojas virtuais estão cada vez maiores e ampliando também seu faturamento, mas é fundamental que o empreendedor sempre em busca de novos recursos para tornar o negócio mais completo e eficiente. 

As dicas foram úteis? Experimente! Diversas ferramentas podem melhorar a performance do seu e-commerce. São recursos fáceis de usar e capazes de aumentar consideravelmente o ritmo das vendas. 

 

E para ficar por dentro de outros conteúdos para potencializar suas vendas, continue acompanhado o blog da JN2. Até a próxima!

Você também pode se interessar