Saiba como montar uma loja virtual de roupas

atualizado em

como montar uma loja virtual de roupas

O mercado de e-commerce cresce a passos largos no Brasil, com o segmento de roupas se mantendo entre os mais importantes. Os números comprovam: brasileiro gosta de moda e busca lojas virtuais para atualizar o guarda-roupa. Diante de um segmento tão consolidado, alguns empreendedores podem se perguntar: como montar uma loja virtual de roupas e atuar neste mercado? 

Neste artigo, ajudamos você a percorrer o caminho certo até chegar no lançamento e nas primeiras vendas. O passo determinante foi você quem deu: entrar no mercado e-commerce.

Em 2019, o crescimento das lojas virtuais no Brasil foi de 16%, segundo o 41° webshoppers, do Ebit/Nielsen. O faturamento do ano passado é quase quatro vezes maior que há dez anos, segundo as estatísticas e, entre os motivos desse salto, está o aumento no número de pedidos, que subiu 21%.

Enquanto isso, o segmento de roupas cresceu 13% em termos de faturamento e 30% no número de pedidos. Ou seja, criando uma loja virtual atraente, cuidando bem do atendimento e trabalhando com roupas de qualidade, a demanda é certa.

Além de figurar entre um dos cinco segmentos mais importantes no e-commerce brasileiro, o comércio de roupas também é um dos mais rentáveis. Quer ganhar dinheiro com uma loja virtual de roupas? Siga a leitura! 

Como montar uma loja virtual de roupas

Abrir um e-commerce de roupas é ingressar em um mercado bastante promissor, com diversos fornecedores e muita demanda. Você pode ter uma ótima margem de lucro, no entanto, a concorrência é grande, ou seja, se fizer mais do mesmo, pode encontrar dificuldades.

A seguir, veja as dicas que organizamos para o seu e-commerce de roupas se destacar na multidão. Mais do que abrir um novo negócio, você quer faturar. Então, descubra o caminho!

Micro nicho

A primeira tarefa de quem quer saber como montar uma loja virtual de roupas é definir um público bem específico, um micro nicho. É muito mais difícil prosperar com uma loja virtual oferecendo tudo para todos, seja para vender maquiagem, eletrônicos ou roupas.

Em um país populoso como o Brasil, sobretudo nas capitais e grandes centros urbanos, diversos nichos podem ser explorados. O empreendedor deve definir qual pequeno público pretende atender. Jovens que gostam de futebol? Mulheres executivas? Pessoas fissuradas na moda retrô? Grávidas?

Após a definição do público, todas as demais ações devem levar esta escolha em consideração, principalmente às que dizem respeito ao Marketing.

Plataforma de e-commerce

Uma plataforma de e-commerce para a venda de roupas deve facilitar a vida do consumidor. Como esse tipo de compra é mais criteriosa – porque diz respeito à aparência, 

e muitas vezes é preciso experimentar peças para checar se irão vestir bem – os produtos não podem deixar margem para dúvidas.

Em uma boa plataforma, fica mais fácil ver as possibilidades de combinação da roupa, ou seja, tudo está estruturado a favor do consumidor. Dessa forma, ele tem condições reais de avaliar melhor as peças que deseja comprar.

Descrição dos produtos

Se você está pesquisando como montar uma loja virtual de roupas, você quer que consumidor encontre seus produtos através de mecanismos de busca.

Para isso, é fundamental a criação de palavras-chaves especificando os detalhes de cada produto. Com isso, o site ficará bem posicionado nas buscas. 

Mais uma vez, a escolha da plataforma é fundamental. As melhores possuem otimização SEO, garantindo que a sua loja seja facilmente encontrada pelo consumidor.

Conteúdo relacionado

Após a definição do público, é hora de resolver demandas dele através da produção de conteúdo. Seus potenciais clientes têm dores – como os profissionais de marketing costumam classificar – e essas dores podem ser tratadas com dicas, tutoriais, guias, ou seja, conteúdo relevante.

Quanto maior o volume de textos, vídeos e imagens, maior será o valor gerado em torno da sua marca. Consequentemente, mais os consumidores irão olhar para a sua marca como autoridade no assunto

As pessoas passam muitas horas por dia na internet consumindo vídeos, podcasts, artigos e e-books sobre os temas que lhe interessam. Como mostra o 41° webshoppers, os sites de busca e redes sociais são os principais caminhos para as lojas virtuais. Por isso, identifique as dores e problemas do seu público e entre nesse jogo!

Opções de pagamento

Algumas lojas se destacam pelo preço, outras pela qualidade dos produtos. Em ambos os casos, entretanto, haverá perda nas vendas se as formas de pagamento forem restritas.

Quanto mais variados os meios de pagamento, mais altas as chances de fechar vendas. Embora o cartão de crédito seja uma opção prática, nem todos possuem um.

Por isso, ao abrir uma loja virtual de roupas, libere outras opções, como débito em conta, boleto bancário e até o pagamento em dinheiro.

Atendimento diferenciado

O atendimento ao cliente também merece máxima atenção de quem busca saber como montar uma loja virtual de roupas. Se for bem feito, pode ser um dos maiores diferenciais.

Não existe fórmula pronta ensinando tudo sobre o atendimento ideal, mas é fato que você precisa ser proativo e ter vontade de ajudar. Por isso, preferencialmente, a loja tem que estar em diversos canais de atendimento, como WhatsApp, Instagram, e-mail e telefone. 

O cliente pode vir de todos os lados. Entrou em uma rede social? Disponibilizou um canal para atendimento? Seja presente!

Estratégias de marketing

Depois que tudo está bem estruturado, é hora de começar a divulgar seus produtos. Atrair visitantes para sua loja virtual requer boas estratégias de marketing. Como você está falando para um público específico, cuidado com a linguagem.

A abordagem das campanhas deve se adequar a identidade da marca e ao público. Se resolveu comercializar roupas descoladas, está livre para evocar personalidades e frases do mundo pop. Se pretende atender a um público mais executivo, pode contribuir com dicas de traje para o trabalho.

A formalidade ou a descontração dependem do momento e do público. Quem busca roupa esportiva tem expectativas diferentes de uma gestante, por exemplo. As melhores plataformas também auxiliam com estratégias de marketing, liberando o empreendedor para focar em outras funções.

 

Agora que você sabe como montar uma loja virtual de roupas, que tal entrar em uma plataforma e-commerce segura, com otimização SEO na descrição de produtos e diversas formas de pagamento?

Entre em contato com os especialistas da JN2 para saber mais e levar sua loja ao topo nas vendas.

Você também pode se interessar