Marketing digital para e-commerce: o que você precisa fazer para começar

atualizado em

marketing digital no e-commerce

O artigo de hoje tem um claro enfoque: ensinar você a aplicar o marketing digital no e-commerce. O aumento da competitividade no mercado não deixa outra alternativa às lojas virtuais. Elas precisam investir em estratégias digitais para obter sucesso.

Cada vez mais, o consumidor está perdendo o medo de fazer compras online e aproveitando os benefícios do comércio eletrônico. Frete grátis, super descontos e a possibilidade de comprar o que precisa, no conforto de casa, são os principais. 

Mas e a sua loja virtual, está ou não está investindo em marketing para disputar mercado? Essa estratégia ajuda a segmentar o público, garante uma presença online e elimina o desperdício de recursos. O marketing digital também possui abordagens mais eficientes, isto é, elas realmente funcionam para atingir o resultado esperado nas vendas.

Quer melhorar a competitividade do seu e-commerce após o lançamento da loja virtual? Então, as metodologias de marketing no meio digital devem interessar a você! 

Neste conteúdo, explicamos como marketing digital e e-commerce podem andar juntos – e em perfeita harmonia, gerando ótimos resultados. Além disso, reunimos dicas para você aplicar na sua loja virtual. Aproveite a leitura!

Dicas de marketing digital no e-commerce

Planeje os objetivos da empresa

Antes de começar com as estratégias de marketing digital no e-commerce propriamente ditas, é preciso trabalhar no planejamento. Nesse momento, detalhe as metas, despesas e estratégias da loja virtual. Essa é a sua base para seguir adiante.

Conheça o público-alvo

Conhecer o público-alvo – ou a persona – da sua empresa é o segundo passo na definição de estratégias de marketing digital no e-commerce. Para você entender, no marketing, a persona é uma representação do cliente ideal.

Para definir a persona, o empreendedor deve recorrer a pesquisas e dados comportamentais dos seus clientes. Entre os aspectos mais importantes da persona, você deve descobrir:

  • Principais demandas e interesses;
  • Faixa etária;
  • Nível de escolaridade;
  • Condições financeiras.

Em seguida, determine o percurso da persona, começando pela etapa de aprendizado e descoberta até o momento da compra. Na sequência, planeje o funil de marketing e vendas, determinando quais conteúdos devem ser postados em cada etapa, além dos canais para contato com o público.

Crie uma oferta para captar leads

Um lead pertence a um seleto grupo de pessoas que está a um passo de fechar uma compra. Eles são bem diferentes daqueles usuários que entram no site somente para conferir algo no blog e nunca mais voltam.

O seu desafio de marketing digital no e-commerce em relação aos leads é conseguir o e-mail deles. Depois, você pode começar a fazer contato e se relacionar com futuros compradores.

Você pode obter e-mails através de um material rico, como um e-book abordando um tema capaz de despertar o interesse dos leads. Para entregar o conteúdo, em contrapartida, seu e-commerce pede que o usuário preencha um formulário. Bingo! O lead vai cadastrar o endereço de e-mail.

Crie uma estratégia de relacionamento

Depois de reunir os primeiros leads, planeje o relacionamento com eles. Crie uma estratégia de nutrição de leads dedicada a levá-los até a fase de decisão da compra.

Dê preferência a automação de marketing. Assim, você passa a mandar conteúdos para futuros clientes em momentos oportunos. A ferramenta vai fazer contato uma semana depois que o lead baixar algum material no site da loja, por exemplo.

Outra caminho é enviar campanhas por e-mail. Mas tome cuidado na criação das listas. Uma oferta enviada por e-mail geralmente obtém êxito quando o público é segmentado.

Categorize os produtos

Uma das formas mais eficientes de colaborar com o marketing digital no e-commerce é acertar na categorização dos produtos. Em algumas lojas virtuais, o cliente não encontra o produto com as especificações desejadas e deixa o site frustrado. Evite isso! Defina bem cada categoria e, quando necessário, separe também em subcategorias todos os produtos da sua loja virtual.

Otimize as páginas de produtos

Uma loja virtual está alguns passos à frente dos concorrentes quando pode ser aberta em aparelhos smartphone de forma responsiva. No entanto, para deslanchar nas vendas, é preciso ir além e otimizar, também, as páginas dos produtos.

Seu e-commerce terá uma taxa de conversão mais alta após a otimização das páginas de produto. Sabe qual a sua tarefa? Identificar aquelas áreas problemáticas no site. Dê atenção especial a páginas onde muitos usuários costumam abandonar o site e a compra.

Ofereça as principais formas de pagamentos

Nada melhor para atrair o público do que oferecer diversas formas de pagamento. Sua loja está na internet, então, é preciso oferecer as soluções de pagamento online mais populares.

O rei das compras online é o cartão de crédito e débito. É o que mostra um estudo da PwC comprovando que o número de compradores online no Brasil, todo mês, supera o de consumidores em lojas físicas.

A pesquisa consultou mil pessoas e 38,2% disseram ter o hábito de fazer compras online, enquanto 30,9% compra em lojas físicas. Entre os que compradores online, 78,5% usaram o cartão de crédito e 53,7% o de débito.

O boleto bancário também é uma opção democrática de pagamento no e-commerce. Além, é claro, dos modelos digitais, como PagSeguro, Mercado Pago e PayPal.

Invista em segurança digital

Por fim – e não menos importante – invista na segurança do seu e-commerce. Dessa forma, você ajuda a barrar as tentativas de fraude na internet e protege seus clientes. A fim de melhorar a experiência dos usuários, invista em segurança digital, como um certificado SSL, que usa criptografia para guardar os dados do cliente. A segurança do seu e-commerce é um quesito fundamental para aumentar a confiança do cliente na hora da compra.

Se você quer ferramentas para auxiliar as ações de marketing digital no e-commerce, precisa aderir a uma plataforma eficaz. As melhores soluções oferecem os recursos que fazem as lojas virtuais atingirem o sucesso. Além disso, possuem ferramentas que potencializam toda ação de marketing.

A JN2 realmente quer te ajudar na elaboração da estratégia de marketing digital. Por isso, você pode baixar, agora mesmo, o nosso checklist de ativação de marketing digital E-commerce. Não vai perder, hein!

Você também pode se interessar