Veja os sinais de que é hora de trocar sua plataforma de e-commerce

atualizado em

trocar sua plataforma de e-commerce

Trocar sua plataforma de e-commerce pode parecer difícil, mas pode ser muito bom para seu negócio. A história é comum: sua primeira plataforma de e-commerce funcionou bem por um tempo, enquanto sua loja virtual estava começando a se firmar no mercado. Na época, sem um orçamento substancial, você teve que tomar algumas decisões estratégicas em relação ao direcionamento de seus investimentos, que eram restritos até então.

Agora, anos depois, com seu negócio funcionando a todo vapor, você está tendo que lidar com uma série de questões que são fruto daquela sua decisão de criar uma loja virtual internamente. A boa notícia é que você não está sozinho! Muitos empresários vivem exatamente a mesma situação e experimentam uma frustração similar. Quer saber como identificar se é a hora de trocar sua plataforma de e-commerce? Confira cinco sinais:

1. Você não consegue integrar ferramentas essenciais 

Um dos principais sinais de que sua loja virtual atual não serve mais aos seus propósitos é constatar que você não consegue integrar recursos fundamentais para o crescimento do seu e-commerce, como plataforma de e-mail marketing e extensões para merchandising, porque seu sistema atual não suporta este tipo de funcionalidade.

Para sua loja virtual crescer, é preciso apostar em uma plataforma de e-commerce que permita integrações, por meio de extensões, com recursos que ajudem sua loja a aumentar os lucros, como ferramentas para atrair mais tráfego, engajar e reter consumidores em potencial. Outro ponto fundamental é buscar uma plataforma com escala, que suporte o crescimento da sua loja em termos de tráfego, transações e até mesmo catálogo de produtos.

2. A plataforma não é customizável

Um dos sinais de que você deve trocar sua plataforma de e-commerce é quando você não consegue adicionar recursos e funcionalidades de forma rápida e barata para permitir que você analise taxas de conversão, poste fotos na página de produtos via mídias sociais, etc. A partir do momento que você percebe que seu e-commerce está crescendo, precisará cada vez mais da possibilidade de customização da plataforma para adequá-la às necessidades da sua loja virtual.

3. Você depende de um desenvolvedor para tudo

Se você é completamente dependente do desenvolvedor que construiu a plataforma para fazer qualquer upgrade ou atividade de manutenção, porque apenas ele conhece o sistema, a situação é ruim. É preciso contar com uma plataforma intuitiva, que possa ser customizada por qualquer pessoa qualificada e não apenas por um profissional. Busque uma opção que tenha uma comunidade considerável de usuários pelo mundo. Assim, muitas vezes, você pode tirar suas dúvidas em relação ao sistema nos próprios fóruns disponíveis na Internet.

4. O layout não é adequado a todas as plataformas

Se seu sistema atual não permite que o design do seu e-commerce funcione em todos os navegadores, devices e tamanhos de tela, sinal vermelho! Para a loja virtual conquistar ainda mais clientes e fidelizar seus consumidores é preciso que ela seja adaptável para os mais diversos tipos de plataformas para que os visitantes possam efetuar suas compras da forma mais agradável para o perfil deles.

5. Seu e-commerce não funciona bem

Se seus processos de negócio são ineficientes e limitados pela forma de operação, é hora de trocar sua plataforma de e-commerce. O objetivo de toda loja virtual é oferecer a melhor experiência para o cliente. Se isto não está acontecendo por conta de limitações técnicas, é melhor mudar para uma plataforma que permita que você ofereça o melhor serviço para o consumidor.

Trocar sua plataforma de e-commerce por ser difícil, mas é essencial para empresas que querem evoluir. Não espere mais tempo! Se você procura por uma solução robusta, que auxilie no crescimento do seu negócio, clique aqui e faça um teste grátis na Plataforma JN2 Magento.

Você também pode se interessar