Profissional trabalhando em um notebook, produzindo conteúdo

Talvez você já faça publicações nas redes sociais e crie conteúdo rico, mas não está vendo resultados. Se for esse o caso, vale uma reflexão; você tem uma estratégia?

O que mais vejo por aí é a produção de conteúdo feita sem planejamento ou propósito, apenas para cumprir tabela, com o compromisso de um determinado número de posts por semana. 

Na hora de publicar, ou planejar suas postagens, algumas considerações são fundamentais, tais como pensar no público, nos objetivos e como você vai monitorar o desempenho. Sem pensar sobre isso, fica complicado melhorar o desempenho das postagens.

Então, vamos pensar a partir do funil de vendas. Das muitas pesquisas sobre mercado digital e e-commerce, grande parte aponta que cerca de 70% dos consumidores começam pelo Google. Destes, a maioria possui clara intenção de compra, mas ainda não está qualificada, isto é decidida.

É nesse momento que o conteúdo é importante e o marketing de conteúdo contribui para a qualificação do seu futuro cliente.

Para que seu conteúdo seja mais efetivo, é importante mapeá-lo em relação à etapa da venda que você pretende abordar seu público. Por isso, é muito importante que você tenha bom conhecimento da Persona (Buyer Personas) em seus vários estágios do ciclo de compra.

Qual é o ciclo de compra?

No contexto do comércio eletrônico ou conversão online, cada usuário passa por um ciclo antes e depois de fazer uma compra. Normalmente, isso é dividido nas seguintes fases distintas:

  • Consciência
  • Consideração
  • Decisão
  • Retenção

A Jornada do consumidor

Refere-se ao tempo que leva entre o pensamento da compra até a aquisição do produto. Esse tempo dependerá do usuário e da complexidade dos produtos e serviços que estão sendo adquiridos.

Portanto, para tornar o processo mais eficiente e aumentar as chances de conversão, é necessário garantir a produção de conteúdo para reforçar ideias e estreitar a relação do usuário com sua marca e o produto.

Exemplos de conteúdo em função da etapa da venda

Consciência

Meta: atraia visitantes e clientes potenciais por meio de mecanismos de pesquisa e canais sociais.

Objetivo: crie conteúdo compartilhável, memorável e otimizado.

Tipos de conteúdo:

  • Postagens de blog (guias, dicas e listas)
  • Artigos
  • Vídeos
  • Infográficos
  • Memes

Ações desejadas:

  • assinatura de e-mail
  • adicionar feed
  • seguir nas redes sociais
  • compartilhar conteúdo
  • Deixar um comentário

Consideração

Meta: ajude os visitantes a encontrar uma solução para seus problemas.

Objetivo: crie conteúdo para mostrar sua oferta, para ajudar na pesquisa e orientar a decisão.

Tipos de conteúdo:

  • Estudos de caso
  • Testemunhos
  • Guias do comprador
  • Artigos comparativos
  • Demonstrações de vídeo
  • Webinars/Lives
  • Tutoriais

Ações desejadas:

  • Visite as páginas do produto, assista a um vídeo de demonstração, participe de um webinar ou tutorial, inicie uma avaliação gratuita ou baixe um recurso.

Decisão

Meta: convença e converta os visitantes sobre por que sua oferta é a melhor.

Objetivo: forneça evidências e torne mais fácil para os usuários compreenderem o valor.

Tipos de conteúdo:

  • Estudos de caso
  • Testemunhos
  • Tutoriais
  • Ofertas especiais
  • Como fazer (artigos e vídeos)
  • Solução de problemas (artigos e vídeos)
  • Preços comparativos

Ações desejadas:

  • Comprar
  • Inicie um teste gratuito
  • Reivindique um desconto ou oferta especial

Retenção

Meta: obtenha um retorno personalizado e espalhe o conhecimento da marca.

Objetivo: crie conteúdo compartilhável, memorável e otimizado.

Tipos de conteúdo:

  • Pesquisas
  • Promoções
  • Descontos e brindes
  • boletins informativos
  • Marketing de e-mail

Ações desejadas:

  • Diga a um amigo
  • Dê aos usuários existentes um motivo para compartilhar
  • Conte e informe aos outros

Lembre-se: você vai precisar medir tudo

Para medir a eficácia de seu marketing de conteúdo, você precisa conhecer os KPIs específicos disponíveis. Claramente, o KPI de escolha dependerá da ação desejada de cada estágio dos ciclos de compra, mas um exemplo do que você pode escolher deve incluir:

  • KPIs sociais: compartilhamentos, seguidores, curtidas, comentários, etc.
  • Menções de marca: em redes sociais, esforços de relações públicas, links/compartilhamentos, etc.
  • KPIs de pesquisa: pesquisas de palavras-chave, tráfego orgânico, páginas de destino, etc.
  • Vendas: consultas, leads, upsell,

O que considerar?

O pensamento deve ser sistêmico; considere seu público, seu produto, conheça a concorrência, considere o momento (épocas do ano e sua relação com o consumo). 

Planeje com antecedência de pelo menos 45 dias. Procure entender como seus usuários usarão e interagirão com o conteúdo.

Abraços e até a próxima!

 

Texto produzido por Paulo Canarim, consultor especialista em E-commerce, e parceiro da JN2 E-commerce Expert.

JN2

Tenha tudo na melhor plataforma de e-commerce do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *