Precificar online

atualizado em

precificar online

Precificar, monitorar e vender um produto ou serviço online é um processo que exige profissionalismo e visão estratégica. É uma das ações empreendedoras que você pode usar para ter um diferencial em sua marca e sair na frente de seus concorrentes. Mais do que levar em conta as necessidades dos possíveis pagantes, é necessário considerar as formas de pagamento, bem como as condições de cada opção.

Além disso, recomenda-se precificar com base no custo previsto. Para saber mensurar o preço dos produtos que serão comercializados online é fundamental realizar boas vendas e chamar a atenção dos clientes. Preparamos este artigo, que vai te ensinar como calcular o preço de venda dos seus negócios e garantir a saúde financeira da sua loja virtual.

1. Conheça as despesas e custos

A primeira coisa que você deve fazer é entender quais são os seus custos – valor gasto diretamente na mercadoria vendida – e despesas – valores indiretos ao produto como administrativos, empréstimos e gastos com a localização. Depois deste levantamento, crie uma uma planilha que inclua todos esses valores contabilizando desde a pré-produção até os gastos referentes à finalização da entrega, você terá uma visão geral do negócio.

Para não ficar no prejuízo, é essencial que seus gastos sejam todos cobertos pelo preço de venda. Logo, o valor do produto deve ser definido a partir da quantidade de estoque previsto e tudo que vai exigir desembolso, como a equipe de pessoas que atuarão na venda e as estratégias de marketing, por exemplo.

Outra recomendação é, ao criar a sua planilha sempre estipular uma margem com as despesas e custos extras. Afinal, é sempre aconselhável estar preparado para eventuais imprevistos que possam abalar a seu negócio. Caso algo inesperado ocorra, você não perderá dinheiro se tiver uma boa flexibilidade para usar os rendimentos da sua empresa.

2. Pesquisa de mercado

Antes de estipular qual será o preço praticado, é fundamental realizar uma pesquisa de mercado completa. Desta forma, você poderá identificar melhor as características que poderão interferir na definição do preço, além dos hábitos, da localização e as preferências do público que poderá consumir o seu produto.

Faça pesquisas para descobrir quanto os usuários estão dispostos a pagar pela sua mercadoria. Verifique os preços cobrados em outras lojas virtuais similares à que você está organizando. Lembre-se de que quanto mais informações você tiver, maior será a vantagem que o seu negócio poderá ter para atrair um número expressivo de frequentadores em potencial.

Dependendo da categoria em que você se encaixa, será possível adequar os preços às necessidades de cada parcela do público. Por exemplo: pessoas interessadas em uma compra com mais comodidade no envio podem pagar mais, enquanto outros podem pagar valores menores por meio de algum programa de vantagens e acúmulo de pontos.

3. Defina a margem do seu lucro

Depois de considerar os preços praticados no mercado e os custos e despesas da sua operação, você terá uma noção sobre qual é a margem ideal de lucro para cada um dos seus produtos comercializados para venda. Além de escolher uma plataforma segura de loja virtual, é importante saber como gerenciar os pagamentos que você irá receber.

O essencial é que você saiba, de um modo geral, o quanto deve lucrar a curto e médio prazo com o produto. Lembre-se de que você montou o negócio para obter dinheiro: se a operação está funcionando somente para pagar os custos e as despesas, alguma coisa provavelmente está errada. É hora de fazer alterações e mudar a estratégia.

4. Monitoramento os resultados

Mas como saber se escolheu a melhor estratégia? Como você já percebeu, definir uma ação para precificar os produtos não é algo fixo e feito da noite para o dia. Para saber se você precisa mudar o preço, é necessário avaliar o retorno financeiro que você obteve com a sua venda. Uma boa estratégia é aquela que consegue medir tudo o que fez e, a partir dos resultados, melhorar suas técnicas para estudar o que mais ainda poder ser feito para melhorar o lucro.

Para isso, uma das métricas mais importantes é o ROI (retorno sobre investimento). É muito importante saber se a venda trouxe retorno depois de todo investimento feito. De uma maneira simplificada, o ROI é a métrica que mostra quanto você ganhou para cada real que investiu com o seu produto.Assim, se o seu ROI estiver alto, significa que você está tendo um bom retorno, e isso pode ser um indicador de que suas estratégias de divulgação e precificação estão sendo favoráveis.

Saber a melhor maneira de precificar os produtos é uma decisão importante para quem quer empreender no mercado digital. Por isso, quando for estipular um valor para suas mercadorias, faça isso com atenção e sempre pensando no objetivo que você quer atingir.

Gostou do nosso post? Deixe seu comentário com dúvidas ou sugestões sobre as estratégias para precificar produtos.

Você também pode se interessar

,

Erros: como evitá-los em uma loja virtual

  • Plataforma