As melhores dicas para o iniciante em loja virtual

atualizado em

dicas para iniciantes em loja virtual

É cada vez maior a quantidade de consumidores que preferem realizar suas compras pela internet e muitas lojas virtuais estão aproveitado esse momento. O aumento do faturamento do e-commerce brasileiro é uma ótima notícia para aqueles que querem investir nesse negócio. Entretanto, por mais que pareça simples, gerenciar uma loja virtual não é algo trivial, que se aprende com pouco esforço.

A gestão de um e-commerce tem muitas peculiaridades: é preciso contar com uma plataforma de qualidade e uma logística bem planejada para garantir que o produto chegue até o consumidor o mais rápido possível. Conheça os erros mais comuns dos iniciantes em lojas virtuais e aprenda a fugir dessas ciladas:

1. Cuidado com a logística

Esteja preparado desde o início para atender aos pedidos de forma ágil. Muitos iniciantes em lojas virtuais cometem alguns erros graves de logística, algumas medidas simples te ajudam a evitar esse erro comum. Planejamento é a chave do sucesso, por isso, defina como os seus clientes receberão os produtos. O serviço de logística mais comum é o dos Correios, para saber mais é só ir à agência mais próxima de você.

Além disso, entre o pedido e a entrega dos produto existem várias etapas, deixe-as claras para seus clientes, evitando problemas e atrasos. Também é importante estar preparado para a logística reversa, pois seu cliente pode querer devolver ou trocar os produtos. Um dos pontos mais valorizados pelos e-consumidores é o prazo de entrega, portanto, não subestime essa etapa, entregue os produtos sempre no prazo, e se possível, até antes.

2. Controle o estoque.

 

Quando algo vai mal com o estoque da sua loja é sinal de que a gestão está falhando. Delegue funções e tenha um  único responsável pelo estoque de produtos, está é uma tarefa repetitiva, que exige concentração, e a partir de determinado volume de vendas, dedicação em tempo integral.

Faça análises periódicas, aumentando a variedade dos itens que tem maior demanda, além de considerar promoções relâmpago para dar saída aos produtos encalhados. Você também pode criar a categoria outlet para estes produtos, oferecendo bons descontos, é possível se livrar de uma parte deles.Além de dar mais opções para os clientes, essa ação aumenta o giro de estoque.

3. Vendeu? Entregue rápido!

 

Quando compra em uma loja virtual, o consumidor espera, além de receber um produto que corresponda exatamente à descrição que está no site, que o item seja entregue dentro do prazo prometido. Se chegar antes, melhor ainda. O grande problema é que, com o aumento da demanda, muitos empreendedores passam a ter dificuldade em honrar os prazos de suas lojas virtuais.

Resultado: atrasos na entrega e consumidores insatisfeitos. Por isso, prometa prazos maiores, de forma que você consiga cumpri-los, e ainda coloque uma margem de erro para eventuais imprevistos. Além disso, aposte em rotinas que permitam que você acompanhe os pedidos e faça relatórios, este é um indicador que vale a pena acompanhar.

4. Um olho na venda e outro no fluxo de caixa

 

Tenha as finanças da sua loja virtual organizadas. Escolha uma plataforma que te ajude nesse processo, que permita que você gerencie as entradas e saídas e fique sempre por dentro da saúde financeira do seu negócio. É importante contar com a ajuda de um ERP, mesmo que seja um básico, é uma ferramenta de grande importância para a gestão. As lojas virtuais da plataforma JN2 contam com várias integrações com ERPs para auxiliar o lojista. Caso a empresa já tenha um ERP, basta fazer a integração com o sistema e o e-commerce.

5. Plataforma crescendo com a empresa

 

A logística correta e a atenção ao fluxo de caixa são fundamentais, mas nada disso faz sentido se o consumidor não consegue efetuar uma compra na sua loja virtual. Escolha uma plataforma de e-commerce confiável, robusta e segura, que acompanhe o seu crescimento. Além disso, invista em um layout clean, que não crie barreiras para as compras dos seus consumidores. O objetivo aqui é despertar o desejo de compra no cliente e ajuda-lo nesse processo.

6. Escolha um bom servidor

 

Por fim, um ponto fundamental para o sucesso da sua loja virtual é a escolha do servidor em que o e-commerce será hospedado. É importante saber como funciona cada tipo, afinal, opção é o que não falta. Leve em conta o tamanho de sua loja e o volume de operações que você realiza para não correr o risco de escolher um serviço que não consiga atender suas demandas.

E então, está pronto para ter uma loja virtual que vende muito? Clique aqui para conhecer os planos e preços da Plataforma JN2.

Você também pode se interessar