fbpx Skip to main content

6 plataformas de tráfego pago para você usar em seu e-commerce agora

Início » Blog » 6 plataformas de tráfego pago para você usar em seu e-commerce agora

Montar um e-commerce não é uma tarefa tão simples, como muita gente pensa. Embora seja mais fácil do que iniciar com uma loja física, há escolhas e detalhes que precisam ser definidos para, então, a loja ser colocada no ar. Depois disso, vem outra parte crucial para o negócio: os clientes encontrarem a sua empresa. É aí que o tráfego pago entra como um importante aliado da sua loja online.

Neste blog post, vamos falar sobre o que é o tráfego pago e as principais diferenças com relação ao tráfego orgânico. Além disso, você conhecerá também as seis principais plataformas de tráfego pago para usar em seu e-commerce e atrair cada vez mais clientes.

Confira!

O que é tráfego pago?

Tráfego pago pode ser definido como uma estratégia de marketing de atração, com o objetivo de trazer mais usuários para o seu site por meio de anúncios, é claro, pagos. Com toda certeza, você já deve ter visto algum post patrocinado ao navegar por uma rede social, ou até mesmo um banner sobre produtos ou serviços em determinados sites.

Trata-se de uma estratégia que gera mais visibilidade para a sua loja online, o que resulta em maiores chances de conversão. Por isso, é preciso que os lojistas se planejem e dediquem um valor para esse processo. Quanto mais uma loja puder investir, mais usuários ela alcançará.

Com relação às formas de pagamento por esses anúncios, existem dois tipos:

  • Custo por clique (CPC): esse é um método indicado para atrair tráfego real para o site da sua loja. O comerciante paga um dado valor toda vez que alguém clica no link patrocinado;
  • Custo por mil impressões (CPM): já essa modalidade, é sugerida para quem está começando e precisa se tornar conhecido no mercado. Você paga um valor para que seu site apareça nas buscas, independentemente se o usuário clicar nele ou não.

Qual a diferença entre tráfego pago e tráfego orgânico?

Talvez você esteja se perguntando: e o tráfego orgânico? Qual a diferença entre os dois tipos de tráfego? Basicamente, a principal diferença é que, no orgânico, o público chega até sua loja de maneira natural, atraído por meio de posts em blog, redes sociais, podcasts, entre outras formas. Já no pago, como o próprio nome diz, você investe um valor para que haja um retorno maior.

Além disso, no tráfego orgânico é preciso um pouco mais de paciência, uma vez que o retorno demora mais para acontecer. Já no tráfego pago, o retorno é imediato, o que impacta de forma mais rápida no seu negócio.

Contudo, não há de se falar que uma técnica é melhor que a outra; inclusive, uma não elimina a outra. É perfeitamente possível (e até recomendável) que se utilize as duas formas de tráfego, para que sua loja obtenha resultados mais sólidos e duradouros.


Quais são as principais plataformas de tráfego pago do mercado?

Uma vez compreendidas as peculiaridades do tráfego pago, vamos mostrar agora as principais plataformas e sites para aplicar essas estratégias. Acompanhe!

Google Ads

Uma das principais e mais usadas plataformas de anúncios é o Google Ads, que se trata de uma ferramenta criada pelo próprio Google, com o objetivo de fazer publicidade dentro do buscador.

Muito provavelmente, você já realizou alguma busca no Google e viu, logo nos primeiros resultados, os chamados links patrocinados. Eles aparecem com a palavra “Anúncio” antes da URL, o que quer dizer que são links que foram pagos para estarem ali, no topo. 

Assim, quando o usuário digita uma palavra-chave em busca de um produto ou serviço, a sua loja poderá aparecer para ele entre os primeiros endereços da página caso você faça a segmentação adequada e pague pelo serviço, é claro.

Instagram Ads

Com relação às redes sociais, elas também oferecem formas de tráfego pago para empresas aparecerem mais para seus clientes. O Instagram Ads é um bom exemplo, pois permite que você faça anúncios dentro da rede social e direcione para seu público-alvo.

Um ponto importante é que, nessa ferramenta, é possível optar por diferentes formatos de anúncios, quais sejam: anúncios nos Stories; posts no Feed; anúncios em vídeos; anúncios em carrossel; entre outras formas. Dessa maneira, você tem mais chances de impactar o usuário, fortalecendo a sua marca e o atraindo para o seu negócio.

Facebook Ads

O Facebook Ads é outra forma de pagar por anúncios e gerar tráfego em redes sociais. Ele funciona de maneira bem prática e eficiente, embora muitas pessoas pensem, equivocadamente, que ele não é uma boa opção para captação de leads.

Semelhante ao Instagram, o Facebook Ads possibilita uma segmentação mais detalhada do público que se quer alcançar. Por isso, é uma estratégia bastante usada por empresas e que pode gerar resultados incríveis para a sua loja.

YouTube Ads

O poder dos vídeos cresce a cada dia nas redes sociais, não é verdade? Muita gente prefere esse tipo de conteúdo, e por isso mesmo muitas lojas direcionam seus investimentos para anúncios no Youtube.

Os anúncios nessa plataforma são exibidos dentro dos vídeos que o usuário está assistindo, ou aparecem como sugestões. Portanto, se você possui bons vídeos sobre seus produtos ou serviços, não perca mais tempo e utilize o YouTube Ads para encantar e atingir em cheio os seus consumidores.

LinkedIn Ads

Voltado mais para negócios B2B, o LinkedIn Ads é uma ótima opção para investir em tráfego pago, ainda mais se levarmos em conta que é uma rede social profissional, não é mesmo? Por ser uma mídia digital mais específica, com um público mais segmentado, os valores tendem a ser um pouco maiores do que os de outras redes sociais; contudo, é preciso avaliar, pois costuma valer muito a pena.

A segmentação dos anúncios é feita, nesse caso, por meio de informações profissionais, como função, nível de experiência, tamanho de empresa, entre outras.

Taboola

Já ouviu falar na plataforma de anúncios nativos Taboola? Para quem não sabe, anúncios nativos são aqueles em que os usuários não percebem que se trata de uma publicidade, por serem mais sutis. Impacta principalmente o público que não se convence mais com as formas de publicidade mais tradicionais.

Nessa plataforma, é possível criar campanhas que serão mostradas em grandes portais de notícias, como uma sugestão de conteúdo complementar. Assim, o usuário é motivado a clicar no link e continuar se informando sobre assuntos de seu interesse, que, possivelmente, terão a ver com o seu negócio.

Gostou de conhecer as plataformas de tráfego pago para a sua loja online? Quer continuar se informando sobre o mundo do e-commerce? Então, baixe agora o ebook: Como multiplicar as vendas do seu e-commerce e conte com a JN2 com o que precisar! Estamos à sua disposição!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *