Para você que está iniciando o seu negócio virtual é muito importante decidir pelo modelo de e-commerce que deseja investir. E a disputa entre WooCommerce x Magento é a mais comum no mercado, visto que as duas ferramentas são de qualidade e oferecem funcionalidades interessantes para os empresários.

Por isso, para você que ainda não decidiu quais desses dois modelos usar, vamos discutir neste artigo qual é a melhor opção no mercado atualmente, além de mostrar uma comparação justa entre WooCommerce x Magento

Ficou interessado? Então, continue aqui e acompanhe! Boa leitura. 

WooCommerce x Magento: a verdadeira disputa de lojas virtuais

Sim, sabemos que você, empresário, muito provavelmente já se perguntou qual a melhor ferramenta para gerenciar o seu e-commerce. Nesse sentido, é comum ver a disputa entre WooCommerce x Magento. Mas, precisamos salientar um ponto: estes elementos, apesar de oferecerem a mesma funcionalidade, não são o mesmo serviço!

O WooCommerce se trata de um plug-in gratuito desenvolvido para sites WordPress, que oferece ao proprietário dessa plataforma opções de venda e pagamento somente com a integração ao site. 

Em contrapartida, o Magento é uma plataforma open source, voltada principalmente para pessoas que querem fazer programações mais avançadas, mas que também oferecem a opção de venda e pagamento virtuais como o WooCommerce faz. 

WooCommerce x Magento: qual devo escolher? 

Neste momento você deve estar se perguntando: “se as duas ferramentas são diferentes, mas oferecem o mesmo serviço, qual devo escolher?”

Por isso, separamos os principais benefícios de cada e-commerce para que você veja realmente qual é melhor para você e entenda qual se sobressai no mercado. Por isso, fique atento às informações a seguir! 

WooCommerce

Como já falamos, o WooCommerce é um plugin gratuito que somente os usuários do WordPress possuem acesso. Dessa forma, por não se tratar de uma plataforma propriamente, esse é um serviço muito mais leve para o seu site.

Contudo, a usabilidade é limitada, já que somente os comércios virtuais desenvolvidos no WordPress são beneficiados com essa pequena aplicação. Para quem deseja, por exemplo, vender produtos pelo Wix, não é possível implementar o WooCommerce. 

Fácil usabilidade e integração

Os principais prós dessa ferramenta se encontram na fácil usabilidade e integração. Para você que deseja criar o seu e-commerce pelo WordPress, não é necessário conhecimentos aprofundados em programação e muito menos ideias mirabolantes para fazer a integração desse plugin.

Tudo ocorre de maneira descomplicada e fácil. Por isso, essa é uma opção comum de quem está em busca de vender na internet sem apostar em complementos para o seu site e para pessoas que querem um sistema rígido, sem personalizações. 

Magento

Em contrapartida, na disputa entre WooCommerce x Magento entra a nossa segunda opção. Essa se trata realmente de uma plataforma, completamente desenvolvida em open source e com muitas configurações voltadas para programadores avançados, que tornam o seu e-commerce único e ainda mais otimizado. 

Por meio do PHP é possível configurar gateways de pagamento, ERP e até mesmo ferramentas de marketing para ajudar na performance de sua loja virtual e entender como está o desempenho dela no mercado digital. 

Customização constante

Uma vantagem bastante interessante entre os empresários que escolhem o Magento está na customização constante. É possível que o proprietário desta loja virtual esteja sempre alterando a sua página de acordo com épocas do ano, datas comemorativas, entre outros.

Essa funcionalidade ajuda principalmente pequenos negócios que querem sempre se atualizar diante do mercado e não ter somente um sistema rígido, com formatações de prateleira (como são conhecidas as APIs prontas para vendas). 

Qualquer empresa pode usar

Diferente do WooCommerce, que somente os usuários de WordPress podem integrar o plug-in, a plataforma Magento é liberada para todos. Mesmo que você utilize o Wix, que é um site em crescimento em todo o Brasil, é possível aderir a essa plataforma para otimizar a sua loja virtual.

Por isso, se você já desenvolveu todo o comércio e está com medo de não encontrar uma plataforma que se encaixe a ela, aposte no Magento.

Templates para formatar o design da página

Já que falamos sobre customização não poderíamos deixar de citar sobre a formatação de templates da página. Na disputa entre WooCommerce x Magento vimos que o primeiro possui uma estrutura rígida, que não pode ser alterada. Com o segundo não é assim!

Além do Magento oferecer a opção de personalizar qualquer função, ele também oferece templates customizáveis para que você edite da forma que deseja e torne a sua plataforma muito mais interativa e próxima do seu público-alvo.

Funcionalidades de marketing

Não poderíamos deixar de falar por último sobre as funcionalidades de marketing que somente o Magento oferece. Além de dar ao usuário dessa plataforma opções personalizadas de anúncios, é possível também implementar estratégias de SEO (Search Engine Optimization) e fazer o gerenciamento de todos os produtos. 

Tudo isso, é claro, resulta em análise de dados e relatórios detalhados, que ajudam a entender como a empresa está se comportando no mercado virtual. Por meio de serviços personalizados aos clientes, como o e-mail marketing, o Magento proporciona uma relação mais próxima do consumidor com o marketing digital. 

Conclusão

Entendemos, então, que a discussão entre WooCommerce x Magento é pertinente, mas que o Magento é superior em inúmeros aspectos em relação à primeira opção. Devido ao seu alto potencial de escalabilidade, aceitando sites que vão além do WordPress, além dos recursos de marketing e afins, ele se mostra melhor para quem está a fim de abrir o seu e-commerce.

Para você que ficou interessado nessa plataforma, a JN2 desenvolve tudo por meio do Magento e oferece planos bastante interessantes. Conheça, então, as nossas soluções e veja qual melhor se encaixa em seu negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *